Onde e quando observar os planetas?

 

Visibilidade dos planetas em Junho

 

OBS: posições para a cidade de São Paulo/SP - Brasil

MERCÚRIO

 

visibilidade

início do mês a partir das 5h 25min a és-nordeste (ENE);

meados de junho - a partir do dia 14 torna-se um astro de difícil observação por sua aparente proximidade ao sol;

final do período - astro não observado por sua aparente proximidade ao Sol.

movimentação em Aries (o Carneiro) até o dia 2; em Taurus (o Touro) até o dia 21; em Gemini (os Gêmeos) até o final do período.

brilho apresenta um acréscimo, com sua magnitude aparente variando de m = - 0,2 (dia 1) a m = - 1,2 (dia 13).

condições de observação ruins, ao longo de todo o mês.

coloração branca.

 

 

VÊNUS

 

visibilidade

início do mês - a partir das 3h 35min a leste (E);

meados de junho - a partir das 3h 35min a és-nordeste (ENE);

final do período - a partir das 3h 45min a és-nordeste (ENE);

movimentação em Pisces (os Peixes) até o dia 8; em Aries (o Carneiro) até o dia 28; em Taurus (o Touro) até o final do período.

brilho apresenta uma diminuição, com sua magnitude aparente variando de m = - 4,4 (dia 1) a m = - 4,1 (dia 30); em 15 de junho, m = - 4,2.

condições de observação excelentes ao longo de todo o período.

coloração levemente azulada.

 

 

MARTE

 

visibilidade

início do mês - ao anoitecer e por pouco tempo, muito próximo ao horizonte oés-noroeste (ONO), mergulhado nos clarões do crepúsculo vespertino;

meados de junho - ao anoitecer e por pouco tempo, muito próximo ao horizonte oés-noroeste (ONO), mergulhado nos clarões do crepúsculo vespertino;

final do período - a partir do dia 22 torna-se um astro de difícil observação por sua aparente proximidade ao Sol;

movimentação - em Taurus (o Touro) até o dia 5; em Gemini (os Gêmeos) até o final do período.

brilho apresenta-se estável, com magnitude aparente m = + 1,7.

condições de observação ruins.

coloração avermelhada.

 

 

JÚPITER

 

visibilidade

início do mês - ao anoitecer, à meia-altura em relação ao horizonte és-nordeste (ENE);

meados de junho - ao anoitecer, à meia-altura em relação ao horizonte nordeste (NE);

final do período - ao anoitecer, alto no céu a nordeste (NE);

movimentação em Virgo (a Virgem).

brilho apresenta uma diminuição, com sua magnitude aparente variando de m = - 2,3 (dia 1) a m = - 2,0 (dia 30); em 15 de junho, m = - 2,2.

condições de observação excelentes.

coloração branca.

 

 

SATURNO

 

visibilidade

início do mês - a partir das 18h 35min a és-sudeste (ESE);

meados de junho - ao anoitecer, próximo ao horizonte és-sudeste (ESE);

final do período - ao anoitecer, próximo ao horizonte és-sudeste (ESE);

movimentação em Ophiuchus (o Serpentário).

brilho apresenta-se estável, com magnitude aparente m = + 0,1.

condições de observação excelentes.

coloração amarelada.

 

 

URANO

 

atenção astro observável, preferencialmente, por meio de instrumentos ópticos, com diâmetros superiores a 50mm.

visibilidade

início do mês - a partir das 3h 50min a és-nordeste (ENE);

meados de junho - a partir das 3h a és-nordeste (ENE);

final do período - a partir das 2h 10min a és-nordeste (ENE);

movimentação em Pisces (os Peixes), nas imediações de Omicron Piscium (m = + 4,3).

brilho apresenta um discreto aumento, com sua magnitude aparente variando de m = + 5,9 (dia 1) a m = + 5,8 (dia 30).

condições de observação excelentes.

coloração levemente esverdeada.

 

 

NETUNO

 

atenção astro visto por meio de instrumentos ópticos. Para uma melhor observação, recomenda-se que o diâmetro do telescópio seja superior a 110mm.

visibilidade

início do mês - a partir da 0h 35min a leste (E);

meados de junho - a partir das 23h 40min a leste (E);

final do período - a partir das 22h 45min a leste (E);

movimentação em Aquarius (o Aquário), nas imediações da estrela Lambda Aquarii, de magnitude aparente m = + 3,70.

brilho apresenta-se estável, com magnitude aparente m = + 7,9.

condições de observação excelentes.

coloração levemente azulada.

 

 

voltar